5 dicas de gestão para empresa familiar

magnetron
magnetron
31 jan 2020

A empresa familiar é uma das formas de negócio que predominam no mundo. Mas unir a família e a empresa pode trazer mais desafios para a administração do que você imagina. De nada adianta um negócio familiar gerar lucro, seja ele pequeno ou grande, sem uma administração organizada. 

No post de hoje, vamos mostrar alguns cuidados e medidas para manter sua empresa familiar funcionando bem.

Defina funções e rendimentos na empresa familiar

Cada pessoa é importante para garantir o funcionamento das atividades de uma empresa familiar, mas é fundamental que todos saibam a sua função, caso contrário, você pode se deparar com alguns problemas.

Por se tratar de um ambiente familiar, essa confusão acaba se tornando mais comum do que deveria e precisa ser corrigida o mais rápido possível! Assim como qualquer outro negócio, definir os cargos e funções é um dos principais passos para que as tarefas sejam realizadas.

Além das atribuições e responsabilidades, todos devem ter um salário equilibrado, de acordo com as atividades desenvolvidas. O familiar deve saber que será cobrado por resultados, assim como qualquer colaborador.

Invista em especialização e capacitação

Ter uma empresa em família é um grande desafio, pois muitas pessoas não conseguem separar os laços familiares dos negócios. Não é porque você trabalha com pessoas de confiança que não precisa capacitar sua equipe para trabalhar e desenvolver bem as atividades. 

É importante entender que, para alcançar uma boa qualificação, ninguém precisa, necessariamente, realizar uma graduação. A empresa pode indicar cursos rápidos ou especializações disponíveis na internet. 

Assim, eles podem acessar o conhecimento e conteúdo necessário em pouco tempo. Esse tipo de iniciativa pode fazer uma grande diferença nos resultados da empresa no médio e longo prazo.

Cuide das finanças da empresa

Realizar uma boa gestão financeira pode ser a chave para o sucesso do seu negócio. Um dos principais motivos que levam à falência é a má administração, principalmente, quando falamos de empresas familiares.

Você precisa definir e controlar as entradas e saídas, os custos fixos, assim como despesas que não estavam previstas. Desse jeito, é possível saber, com segurança, onde o dinheiro está sendo gasto e avaliar se é possível diminuir custos e identificar se alguma das áreas está cometendo desperdício.

Alinhe as expectativas e interesses

Ao misturar a família com os negócios, geralmente, você vai lidar com opiniões ou interesses contraditórios. Não é por se tratar de um negócio em família, que cada decisão deve deixar todo mundo satisfeito. Na maioria das vezes, é necessário deixar em primeiro lugar os interesses da organização e não o que cada funcionário pensa sobre o local.

Crie um conselho administrativo e discuta as decisões

Um dos principais caminhos para definir regras e critérios é criar um conselho administrativo. Nesse espaço, a empresa pode garantir que a opinião de todos seja ouvida, realizando reuniões periódicas, onde o conselho deve discutir assuntos importantes para o bom funcionamento e o futuro da empresa, além de resolver conflitos e reajustar objetivos e valores em comum.
O segredo para a gestão de uma empresa familiar é saber separar os assuntos pessoais dos profissionais. Aplique todas as dicas citadas neste artigo e mantenha seu negócio próspero.

Nação 2 Rodas
E-mail
Nome Completo
Data de Nascimento
Telefone
Seu Estado
Sua Cidade
Empresa
Ocupação