O painel da sua moto não é mais o mesmo. Entenda essa evolução.

magnetron
magnetron
15 ago 2014

Antes analógico, o painel de moto evoluiu e hoje marca muito mais que quilometragem e velocidade. Será que você sabe o que significam todas as informações mostradas nele?

Apesar das scooters e motos com baixa cilindrada terem apenas informações básicas em seus paireis, já existem motos, como a Super 50, da Dafra, com instrumentos bem mais completos, como: hodômetros total e parcial, indicadores de direção, conta-giros e indicador de seleção de marchas, além do marcador de combustível, quilometragem, indicativo de óleo, bateria.

painel-honda-cb-600-rr

Close da Honda CB 600 RR. Painel esportivo com tacômetro eletrônico e mostrador analógico

 

No começo de tudo, só existia o marcador de velocidade. Hoje, os painéis mais modernos são verdadeiros computadores de bordo. Em alguns casos, como o da italiana Ducati Diavel, a tela de cristal líquido permite até o controle da altura do farol. Nada espantoso para uma moto que custa R$ 80 mil.

A evolução dos painéis incluiu o hodômetro (onde o piloto poder ter uma média de controle do combustível consumido), o conta-giros e, em alguns casos, o hodômetro parcial, em motos pequenas. Até o marcador de combustível teve um upgrade, com nível de indicação precisa. Os chineses trouxeram a tecnologia dos indicadores de marchas no painel, no caso de motos de alta cilindrada.

As motos mais potentes e caras têm no painel o indicativo da relação da potência, nível de cavalaria e até mesmo o período de manutenção – quando deve trocar o óleo, bateria, etc. Já em algumas motos com painel esportivo, o piloto pode usar um “timer” com a média parcial de um local a outro.

O especialista Israel Lisboa explica que a tendência agora é dos painéis com GPS, para aqueles que adoram viajar. “Eles são aliados importantes e fundamentais para os condutores de duas rodas, com dados importantes para a pilotagem segura”, defende.

Na hora de trocar o painel da sua moto não esqueça de avaliar sempre se ele tem boas conexões elétricas, fios específicos e terminais banhados por estanho. Os modelos da Magnetron são assim. E o melhor é que não desgastam e têm qualidade muito superior aos similares do mercado. Mas o grande diferencial está nos velocímetros, que são de ponteiro para garantir uma marcação precisa. Fica aí a dica.

 

Com informações do Diário do Nordeste

 

 

Nação 2 Rodas
E-mail
Nome Completo
Data de Nascimento
Telefone
Seu Estado
Sua Cidade
Empresa
Ocupação

ATENÇÃO! Cuidado com o golpe do boleto bancário falso.