Os 5 maiores erros de pilotagem na estrada!

magnetron
magnetron
4 nov 2013

Os 5 maiores erros de pilotagem na estrada em big trails

1 – NÃO RECONHECER O PERIGO ANTECIPADAMENTE

Pilotos iniciantes ou mal treinados normalmente não desenvolvem a capacidade de antecipar situações de perigo. Para realizar uma pilotagem segura, é fundamental saber identificar os momentos em que você precisa agir. Quanto mais tempo tiver, maiores serão as chances de evitar um acidente. Outros pilotos não conseguem reconhecer o perigo e, consequentemente, não fazem nada para evitá-lo. Um dos grandes problemas do motociclismo é que o piloto é menos visível para os veículos maiores. Sua habilidade para evitar perigos depende diretamente da capacidade de reconhecer situações no tráfego em que você pode estar invisível para os outros usuários da estrada.

2 – FRENAGEM EXCESSIVA DA RODA TRASEIRA

Pesquisas indicam que pilotos inexperientes utilizam excessivamente o freio da roda traseira, as vezes excluindo totalmente os freios dianteiros. Esta atitude, obviamente, irá aumentar as distâncias de parada e aumentar a possibilidade de colisões. Muitos pilotos, interrogados logo após um acidente, não recordam nem mesmo de aplicaram os freios dianteiros. Entretanto, utilizar somente os freios dianteios, em uma motocicleta de grande porte, provoca a mesma situação. O segredo é aplicar intensamente a frenagem nos freios dianteiros, agregando os traseiros moderadamente.

cinco-erros-de-pilotagem-de-motos-na-estrada

Foto: Jason Jones / Creative Commons

3 – NEGOCIAÇÃO NAS CURVAS

Para garantir a segurança e a estabilidade da motocicleta ao realizar curvas, deve-se estar atento a algumas situações. Alguns pilotos, incapazes de reconhecer a severidade da curva, normalmente decidem aplicar os freios ao inclinar-se para reduzir a velocidade, o que leva a uma inevitável perda de aderência e tração. A inclinação correta do corpo também é fundamental para passar pelas curvas. Inclinando-se demasiadamente ou inclinando-se menos gera perda de tração e possíveis acidentes.

4 – DIREÇÃO

É frequente encontrar situações em que parece que o piloto virou em direção ao outro veículo ao invés de se distanciar dele. Ou que não foi realizado um movimento evasivo que poderia ter evitado a colisão. Este erro é atribuído à falta de conhecimento da contra-exterção. As motocicletas necessitam de comandos distintos em baixa e alta velocidade. Em baixa, ou quando estamos manobrando, normalmente giramos o guidão na direção aonde queremos chegar. Em alta velocidade, o movimento é ao contrário: se queremos ir para a direita, o guidão tem que ser movido para a esquerda. A atenção na via é fundamental para manter uma trajetória correta e uniforme.

5 – FALTA DE TREINAMENTO

Muitos acidentes podem ser evitados se os pilotos tiverem um treinamento adequado antes de entrar em uma rodovia. Pilotar na cidade, em baixa velocidade, é totalmente diferente de pilotar em uma rodovia. É preciso estar seguro da sua carteira de habilitação e dos seus conhecimentos no trânsito para conseguir enfrentar uma estrada sem causar nenhum acidente.

 

FONTE: Portal Big Trails

Nação 2 Rodas
E-mail
Nome Completo
Data de Nascimento
Telefone
Seu Estado
Sua Cidade
Empresa
Ocupação

ATENÇÃO! Cuidado com o golpe do boleto bancário falso.