Qual é o melhor pneu para a sua moto?

magnetron
magnetron
6 jun 2014

Os pneus de moto são um dos equipamentos mais importantes para uma pilotagem segura e de qualidade. Por isso, é fundamental que você saiba qual é o tipo de equipamento que mais combina com o seu dia a dia.

Atualmente, existem duas possibilidades: o convencional (também chamado de diagonal) e o radial. É hora de conhecer as principais diferenças, vantagens e desvantagens dos pneus de motocicleta. Vamos lá!

Diferença entre pneu de construção diagonal (esquerda) e  radial (direita)

Diferença entre pneu de construção diagonal (esquerda) e radial (direita)

Pneu convencional (diagonal)

Ideais para o dia a dia das motos menores, os pneus convencionais são mais resistentes a impactos e a maiores cargas na banda de rodagem.

Ideais para o dia a dia das motos menores, os pneus convencionais são mais resistentes a impactos e a maiores cargas na banda de rodagem.

É a opção mais comum no mercado, afinal, o pneu convencional pode ser encontrado na maior parte das motocicletas de baixa cilindrada e de uso off-road.

Este modelo é mais comum em motos menores, pois são mais resistentes a impacto, aguentam maior carga na banda de rodagem e contam com uma grande variedade de aplicação. Por outro lado, a banda de rodagem tem um desgaste mais rápido, considerando que a temperatura interna do pneu é alta devido à fricção entre as lonas e a má condução de calor do material têxtil. Estas deformidades podem prejudicar a estabilidade da motocicleta.

Pneu radial

Velocidades mais altas exigem a potência dos pneus radiais

Velocidades mais altas exigem a potência dos pneus radiais

Por ser mais caro de ser desenvolvido e produzido, o pneu radial chegou no Brasil apenas há alguns anos atrás. Além destes obstáculos, a presença no mercado se torna mais diferenciada pelo fato de ser uma opção utilizada nas motos de alta cilindrada.

Ideais para as altas velocidades, os pneus radiais potencializam o desempenho, a estabilidade e a aderência nas retas e nas curvas. Isso tudo graças à maior rigidez das cinturas de aço na banda de rodagem e à maciez dos flancos laterais.

No geral, são muitas as vantagens: a superfície de contato é maior, tornando melhor a aderência, a tração, a capacidade para absorver imperfeições do piso e o poder de frenagem. Além disso, é uma boa escolha para quem deseja economizar mais dinheiro a longo prazo. O fato das lonas não se friccionarem evita um aumento de temperatura dentro do pneu, característica que contribui para uma maior durabilidade.

 

E aí, ficou por dentro dos modelos de pneus do mercado? Agora é só fazer a escolha certa e sair rodando por aí com muito mais segurança. Boa pilotagem!

 

Via Infomoto

 

Nação 2 Rodas
E-mail
Nome Completo
Data de Nascimento
Telefone
Seu Estado
Sua Cidade
Empresa
Ocupação

ATENÇÃO! Cuidado com o golpe do boleto bancário falso.