Como fazer a manutenção preventiva da sua moto?

magnetron
magnetron
28 mar 2013

Para evitar transtornos, todo condutor deve se preocupar em revisar seu veículo para evitar transtornos.

Com a moto não é diferente. O preço salgado das concessionárias faz muitos motociclistas desistirem de revisar em oficinas especializadas, mas ainda sim é importantíssimo fazer a revisão.

Quando você compra uma moto Zero Km, normalmente o fabricante te dá a primeira e a segunda revisão grátis. Essas revisões são feitas com 1000 e 3000 km e você paga apenas pelo óleo de motor e pelo filtro trocado.

A partir do momento em que sua moto não é mais zero km, o preço sobe e fica mais difícil para o bolso. Para aliviar as despesas do motociclista, ajudamos você a fazer uma revisão preventiva e economizar ainda mais.

Seguindo o roteiro abaixo, você conseguirá fazer uma revisão e só gastar dinheiro com o que realmente vai precisar. Só não esqueça de usar o manual da sua moto para evitar dúvidas.

– A cada 500 km, lubrifique e verifique a folga da corrente de transmissão.

– A cada 3 mil km o óleo deve ser religiosamente trocado. Se puder, troque a cada 2 mil. Mas não deixe passar de 3 mil nunca. O Filtro pode ser trocado a cada 2 trocas de óleo. Se estiver usando um filtro paralelo, substitua a cada troca de óleo. Confira se as pastilhas de freio e pneus já estão muito gastos e verifique também o nível do fluído de freio, complete se estiver muito baixo.

– A cada 12 mil km, o fluído de freio e o fluido das bengalas (suspensão dianteira) devem ser trocados. Confira como estão as velas do motor, normalmente a durabilidade delas é de 12 mil km também.

– Verifique os amortecedores a cada 36 mil km.

Faça uma planilha de manutenção, assim você não se perde na revisão. Tenha sempre um mecânico de sua confiança para te ajudar, pois algumas coisas são simples, mas alguns problemas só um profissional especializado pode resolver para você.

Nação 2 Rodas
E-mail
Nome Completo
Data de Nascimento
Telefone
Seu Estado
Sua Cidade
Empresa
Ocupação

ATENÇÃO! Cuidado com o golpe do boleto bancário falso.