Moto não pega: principais causas e o que fazer

magnetron
magnetron
25 jun 2020

Você está com tudo pronto para sair, coloca o capacete, tenta dar a partida e a moto não pega. Muitas causas podem levar a isso, mas a solução pode ser bastante simples. Diversas peças ajudam a ligar o motor e você mesmo pode fazer alguns testes. Siga a leitura para conhecer as causas mais comuns para a moto falhar. Além disso, nós da Magnetron reunimos dicas para ela voltar a funcionar.

O que checar quando a moto não pega?

Falta de combustível

Verifique o tanque! Muitas vezes quando a moto não pega, o motociclista, simplesmente, se esqueceu de abastecer. O painel da moto também pode estar com defeito, impedindo que a pessoa veja a falta de combustível. Lembre-se que as motos injetadas precisam de 1/4 de tanque para que os componentes funcionem.

Mau funcionamento da bomba

Embora o tanque esteja abastecido, é possível que o combustível não chegue ao motor e, então, a moto não pega. Isso acontece quando a bomba de combustível está com defeito. Você pode identificar esse problema usando um multímetro. Com esse aparelho, medirá a tensão na entrada da bomba, que deve estar entre 12v e 12.8v quando a moto está desligada.

Bateria e estator

A bateria é responsável por toda a parte elétrica da moto e, quando descarregada, não envia a corrente elétrica necessária para a combustão. Tente recarregar a bateria e teste a moto. 

Outro componente que pode prejudicar o funcionamento da bateria é o estator, equipamento que transforma energia mecânica em elétrica. É possível constatar falhas nele também utilizando um multímetro e testando a tensão:

  • 12 e 12,8 volts com o motor desligado,
  • 13 e 14 volts com o motor ligado e o farol alto aceso,
  • 14 e 15 volts acelerando a moto.

Os números exatos variam de acordo com o modelo da moto. Confira o manual do proprietário.

Mau funcionamento dos cabos de vela

Os cabos de vela podem apresentar mau contato por desgaste, ou quando estão frouxos. Nesse caso, eles falham na transferência de corrente elétrica. 

Para conferir esse componente, retire o cachimbo da vela, basta desencaixar do cabo. Em seguida, com proteção e utilizando um alicate com isolamento, aproxime o cabo a 10 milímetros de distância da vela. Por fim, dê a partida na moto e verifique se há faísca.

Sistema elétrico e fuga de corrente elétrica

Partes do estator, como o retificador de corrente, podem apresentar defeito, o que gera fuga de corrente elétrica e a moto não pega. Cabos de vela com o isolamento danificado também podem gerar esse problema. Em ambas as situações, o melhor é pedir ajuda profissional.

Má limpeza do carburador

Outro fator que faz a moto não pegar é a sujeira no carburador. Por isso, é importante se atentar às manutenções, que verificam esse tipo de componente. Uma das formas de limpá-lo é utilizando gasolina. Esse também é um serviço que, preferencialmente, deve ser deixado para um mecânico.

Motor 

A moto também pode falhar quando falta compressão no motor. Verifique o manual do proprietário para conhecer as medidas de compressão da sua moto. Depois, é possível utilizar um manômetro analógico ou um scanner de motos para reconhecer o problema.

Para isso, retire o cachimbo e a vela do bloco do motor. Posicione o medidor no local e dê a partida, checando os dados da compressão. Você precisa verificar se a mistura ar e combustível chega com a força ideal no motor.

Em alguns casos que a moto não pega, você consegue resolver sozinho, em outros, a ajuda de um profissional é indispensável. Esperamos que o post tenha ajudado e a moto volte a funcionar. Ótimo passeio!

Nação 2 Rodas
E-mail
Nome Completo
Data de Nascimento
Telefone
Seu Estado
Sua Cidade
Empresa
Ocupação

ATENÇÃO! Cuidado com o golpe do boleto bancário falso.